APICCAPSAPICCAPSAPICCAPS
Facebook Portuguese Shoes APICCAPSYoutube Portuguese ShoesAPICCAPS

Alemanha: 30 mil milhões de euros canalizados para seguros de crédito

Alemanha: 30 mil milhões de euros canalizados para seguros de crédito

20 May, 2020

Na Alemanha, o Governo colocou à disposição do setor de seguros de crédito uma garantia de 30 mil milhões de euros. O objetivo deste programa temporário é prevenir eventuais falências e falhas de pagamentos na maior economia europeia. De acordo com o jornal Eco, esta medida visa assegurar uma maior segurança nas cadeias de aprovisionamento e dinamizar a recuperação rápida do comércio externo na fase de normalização da atividade económica.

Este pacote financeiro socorre-se de apoios da União Europeia e foi acordado com as seguradoras alemãs para o período compreendido entre abril e dezembro de 2020. Em contrapartida, as companhias que operam seguros de crédito comprometem-se a assumir até 500 milhões de euros de perdas (que excedam a garantia agora anunciada) na cobertura de riscos de falência dos exportadores. A assunção de eventuais perdas por parte das seguradoras corresponde a dois terços do total de prémios arrecadados em 2019, cujo montante rondou 820 milhões.

A Comissão Europeia saudou já a iniciativa da maior economia europeia, classificando-a como solução “de remuneração justa”.

Londres segue os passos

Em Londres, a iniciativa repetiu-se. O governo anunciou um resseguro temporário para que as empresas possam continuar a ter acesso ao seguro de crédito comercial durante a crise da COVID-19. De acordo com o mesmo jornal, a garantia britânica será operacionalizada através de um contrato de resseguro a favor das seguradoras de crédito comercial que operam atualmente no mercado.
Devido ao impacto da pandemia, as empresas com dificuldades em honrar pagamentos “correm o risco de ter o seguro de crédito cancelado, ou de os prémios aumentarem para níveis incomportáveis“, explicou o Tesouro britânico. O regime de garantias anunciado poderá ajudar a “acelerar a recuperação económica, assegurando a disponibilidade contínua de seguros de crédito comercial face a pressões financeiras sem precedentes que atualmente se fazem sentir na maioria dos setores empresariais”, referiu a Associação das Seguradoras Britânicas (ABI).
“Se implementado corretamente, o mecanismo apoiado pelo governo de Boris Johnson permitirá que as empresas que integram as cadeias de abastecimento continuem a dispor de cobertura “contra o risco de insolvência”.

The latest ones