APICCAPSAPICCAPSAPICCAPS
Facebook Portuguese Shoes APICCAPSYoutube Portuguese ShoesAPICCAPS

Confinamento antecipado

Confinamento antecipado

11 Jan, 2021

Novo confinamento começa na próxima quinta-feira, pelas 00h00


Começa na próxima quinta-feira, dia 14 de janeiro, pelas 00h00, um novo confinamento geral em Portugal. Apesar de já ter sido anunciado pelo Governo, as medidas concretas apenas são conhecidas na próxima quarta-feira.

De acordo com a informação avançada pela Ministra da Presidência, no final das audiências do primeiro-ministro, António Costa, com os partidos parlamentares, que decorreram neste sábado, admitiu que: “o Conselho de Ministros reunir-se-á imediatamente após a aprovação por parte da Assembleia da República, e comunicaremos e tomaremos as medidas de forma a que se possam aplicar o mais cedo possível.”

Mariana Vieira da Silva sublinhou que as reuniões do primeiro-ministro com os líderes partidários revelaram “um grande consenso” em torno da ideia de um novo confinamento geral.

Esta decisão – que antecipa em dois dias a entrada em vigor do estado de emergência - deve-se à urgência de travar subida abrupta de novos casos. Desde a passada semana que o número de casos diários ronda os dez mil e cerca de uma centena de mortes.

Assim, na próxima quarta-feira, o Conselho de Ministros aprovará as regras exactas em que vai funcionar esta fase de confinamento. Antes disso, a Assembleia da República deve aprovar a autorização para que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assine o decreto de novo estado de emergência.

António Costa reforçou esta ideia, através do Twitter, ao escrever nesta rede social: “Concluímos, nesta manhã de sábado, a ronda de audições a todos os partidos políticos com assento parlamentar. Os números são preocupantes e todos os esforços são poucos para controlar a pandemia.”

Ao que tudo indica, o novo confinamento terá a duração anunciada de 15 dias, o tempo em que vigora cada renovação do estado de emergência. Mas, de acordo com as informações avançadas pelo Jornal Público, o confinamento irá prolongar-se por mais de duas semanas se o número diário de novos casos de covid-19 não baixar para níveis consideravelmente mais baixos.

Segundo avançam os principais jornais nacionais, as escolas vão manter o funcionamento e as eleições presidenciais de dia 24 de janeiro vão decorrer, ainda que com várias limitações e alterações.


The latest ones