APICCAPSAPICCAPSAPICCAPS
Facebook Portuguese Shoes APICCAPSYoutube Portuguese ShoesAPICCAPS

EUA: 18 milhões de pessoas no desemprego

EUA: 18 milhões de pessoas no desemprego

10 Jul, 2020

Numa semana, o país registou mais de 1 milhão de inscrições no desemprego


Os Estados Unidos registaram 1,314 milhões de novas inscrições no desemprego na semana passada, uma descida em relação à semana anterior e ligeiramente menos do que era esperado pelos analistas.
De acordo com o Departamento do Trabalho, estavam previstos 1,35 milhões de novos pedidos de subsídio de desemprego, numa altura em que vários estados do sul dos Estados Unidos registaram um novo aumento de casos de covid-19, o que levou novamente ao encerramento de bares e restaurantes.
Na semana anterior, 1,413 milhões de pessoas tinham realizado inscrição no desemprego, um número revisto em baixa.
No total, há atualmente 18 milhões de americanos no desemprego. Em comparação com o mesmo período do ano passado, havia 1,7 milhões de norte-americanos a receber subsídios de desemprego.
Números da pandemia
Nas últimas 24 horas o país registou 61.790 casos e 1.011 mortes. Este é um recorde diário no país que é, atualmente, o país no mundo com mais mortos e mais casos de infeção confirmados.
No total, os Estados Unidos contabilizam 133.106 óbitos e 3.108.141 casos confirmados desde o início da pandemia.
O número de casos diários voltou a ser superior a 60.000 (pela segunda vez esta semana) como resultado do surto de infeções nos estados do sul e oeste, como Florida, Texas, Califórnia, Arizona, Geórgia.
Contudo, Nova Iorque continua a ser o estado mais fortemente afetado pelo coronavírus nos Estados Unidos, com 399.513 casos confirmados e 32.283 mortes, um número apenas inferior ao do Brasil, Reino Unido, Itália e México.
Após uma estabilização da epidemia na costa leste dos Estados Unidos, nomeadamente em Nova Iorque, uma região particularmente afetada, os casos de infeções aumentaram no sul e no oeste do país.

The latest ones