APICCAPSAPICCAPSAPICCAPS
Facebook Portuguese Shoes APICCAPSYoutube Portuguese ShoesAPICCAPS

Norte e Lisboa: menos testes ou mais casos?

Norte e Lisboa: menos testes ou mais casos?

26 Jun, 2020

Câmara do Porto pediu números oficiais das testagens a Norte do país


A pandemia de COVID-19 parece não dar tréguas. Ainda que os números tenham baixado e o estado de emergência já tenha terminado, o estado de calamidade continua em Portugal. No entanto, os números na região de Lisboa continuam a ser preocupantes. A justificação que tem vindo a público para o consecutivo aumento de casos é o elevado número de testes que têm sido realizados na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Para esclarecer o assunto, a Câmara do Porto pediu os números oficiais ao Instituto Nacional de Saúde, Dr. Ricardo Jorge. Os gráficos demonstram que se testa tanto na Região de Lisboa com no Norte do país. O que muda, na realidade, é a percentagem de infetados.

“Segundo os gráficos que se apresentam, conclui-se que nas últimas semanas, o número de testes realizado na Região Norte é semelhante ao número de testes realizado na Região de Lisboa, não sendo por isso atribuível a descoberta de novos casos à realização de testagem acrescida numa ou noutra região” pode ler-se na comunicação da autarquia do Porto.

Os gráficos oficiais, atualizados a 24 de junho, mostram que a percentagem de positivos na Região Norte é agora de apenas 1,2%, enquanto, para uma quantidade semelhante de testes, a Região de Lisboa apresenta uma incidência de 5,1%, tornando-se na zona do país onde existe maior quantidade de testes positivos relativamente à quantidade realizada.

A região do Porto
A Câmara do Porto revelou estes dados com o objetivo de esclarecer a opinião pública e tranquilizá-la de que o rastreamento realizado quer em meio hospitalar pelo SNS quer através do primeiro centro de rastreio móvel português, continua a ser feito de forma eficaz e ao mesmo ritmo da região de Lisboa.

De acordo com os boletins diários da DGS, o Porto está há 20 dias sem registar qualquer caso positivo em residentes. O Município saiu do TOP 5 dos que maior número registam desde o início da pandemia, tendo bastante menos de metade do registado em Lisboa, que lidera. A Região de LVT ultrapassou também a do Norte no número total acumulado.



The latest ones