APICCAPSAPICCAPSAPICCAPS
Facebook Portuguese Shoes APICCAPSYoutube Portuguese ShoesAPICCAPS

OMS avisa que o pior ainda está para vir

OMS avisa que o pior ainda está para vir

30 Jun, 2020

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou ontem que "o pior ainda está por vir". No dia em que se contabilizam seis meses desde os primeiros relatos da pandemia na China, Tedros Ghebreyesus garante que “tudo isto está muito longe de acabar”.

O responsável da OMS garante que o vírus é "rápido e assassino. Globalmente, a pandemia está a acelerar. Os números mais recentes dão cota de 10 milhões de casos e 500 mil mortos."Com 10 milhões de casos e meio milhão de mortos, a não ser que resolvamos os problemas que identificámos, como OMS, de falta de unidade nacional e solidariedade global e de um mundo dividido que está a ajudar o vírus a espalhar-se, o pior ainda está por vir. Lamento dizer isto, mas com este tipo de ambiente e condições, tememos o pior. Temos de nos concertar e combater este perigoso vírus", defendeu.

Meio ano depois do inicio da pandemia, a OMS acredita que para conter a tramissão as pessoas devem estar informadas do seu papel “por um lado transmitindo-lhes que não estão indefesas, por outro sensibilizar para o facto de serem responsáveis pelo que acontece às pessoas com quem estão em contacto”.

Para Tedros  Ghebreyesus é fundamental perceber que este não é um problema isolado de um ou dois países, mas sim global. "A nossa mensagem continua a ser a mesma, não se trata de um país, dois países ou três países".

Por outro lado, Michael Ryan, diretor executivo do programa de emergências sanitárias da OMS, acredita que “não podemos continuar a permitir que o combate a este vírus se torne um combate ideológico. Não conseguimos vencê-lo com ideologia. Cada pessoa, cada político, precisa de se olhar ao espelho e pensar se está a fazer o suficiente para travar este vírus", defendeu.

The latest ones